Vereadores de Blumenau aprovam moção de repúdio a projeto que autoriza puxadas de cavalo em SC

Na tarde da última quinta-feira (4), a Câmara Municipal de Blumenau aprovou a moção de repúdio ao projeto de lei do Deputado Estadual Rodrigo Minotto (PDT), que visa autorizar a realização de puxadas de cavalos em competições no estado de Santa Catarina.

De acordo com a moção, que é de autoria do vereador Adriano Pereira, a prática é proibida por um projeto de lei apresentado e aprovado pelo parlamento, de autoria da ex-deputada Estadual Ana Paula Lima.

Em 2019, discutir legislação que permite maus tratos aos animais é inadmissível, ver cavalos puxando peso para diversão de humanos não é aceitável. Será que um abaixo-assinado com 900 assinaturas representa o que pensam todos os catarinenses, ou a maioria?” questiona a moção, que será encaminhada ao deputado.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

A Puxada de Cavalos é uma competição que obriga cavalos a arrastar uma carreta conhecida por “Zorra”, sem rodas, com sacos de areia cujo peso total varia de 1.000 a 2.500 kg por um percurso de 24 metros em uma pista improvisada com lama. Os animais acabam em um quadro de exaustão e destruição da estrutura muscular, insuficiência renal e sofrimento orgânico que pode levar à morte, devido ao esforço físico exagerado que lhes é imposto.

A prática já foi tradição nos municípios do Médio Vale do Itajaí e ficou conhecida nacionalmente após ativistas de proteção animal sofrerem agressões em abril de 2010, ao protestar contra a competição, em Pomerode.

Foto: Cecília Bastos / Usp imagens

error: Conteúdo Protegido!!