Vereador de Blumenau pode ficar totalmente isolado nas eleições de 2020

O vereador blumenauense Ailton de Souza – o Ito – eleito pelo PR (atual PL) com a ajuda da legenda que continha PSC, PROS e PPS, está de saída do partido que o elegeu e que hoje é comandado pelo senador Jorginho Melo em Santa Catarina e tem a liderança do deputado estadual Ivan Naatz na região do Vale do Itajaí.

De acordo com o vereador ele tentou compor uma comissão provisória do PL em Blumenau, mas não teve carta branca de Florianópolis para isso “Estive por três vezes na capital, tentando ao menos que eles me liberassem pra montar uma comissão provisória… infelizmente não liberaram..” disse Ito ao Notícias Vale do Itajaí.

“colocaram o partido na mão do Ivan, que me falou se eu quiser seguir o meu caminho o partido libera, pois não faço parte do projeto deles…” enfatizou Ito, informando ainda que o colega Zeca Bombeiro (José de Souza, hoje no Solidariedade) e afirmou que ele seria um “tropeço” para o partido o “reeleger como o mais votado”.

Nas últimas eleições Ito conquistou 2.279 votos e Zeca 3.760, ou seja, para ser mais vota do que Zeca, Ito teria no mínimo conseguir aumentar 65% dos votos. De acordo com a direção do PL, por conta de seu comportamento individualista, não há interesse da permanência de Ito, mesmo que o partido tem o interesse de dobrar o número de vereadores e prefeitos no estado.

O mesmo tipo de comportamento foi um dos motivos da saída da base do governo municipal, segundo pessoas ligadas ao prefeito Mário Hildebrandt (sem partido) e isso pode custar caro para o vereador conseguir sua reeleição, já que a partir da agora não terá mais legenda partidária na disputa para o cargo que tenta reeleição.

Ito, informou que já recebeu convites de oito partidos. Segundo ele PSB, PDT, PLS, PROS, PSD, PP, PT e PRB lhe procuraram… “Não posso liberar o nome ainda, pois tem muita gente querendo dar rasteiras, mas 90% está fechado” conclui o vereador.

error: Conteúdo Protegido!!