Uma viagem que é sinônimo de esperança

Suelen Terezinha de Souza, de 23 anos, perdeu totalmente a visão nos primeiros anos de vida por conta de retinoblastoma bilateral, um câncer que ocorre entre crianças.  É um tumor maligno ocular, originário da membrana neuroectodérmica da retina embrionária. Em cerca de 80% dos casos a doença afeta crianças com menos de 4 anos.

Agora Suelen mãe de um lindo bebê de apenas dois meses de idade, que foi afetado geneticamente e também pode ter que viver sem enxergar, pois ele também foi afetado pelo tumor. Porém há uma esperança, um tratamento em São Paulo, mas que está fora do alcance financeiro da família da jovem.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

A mamãe explica que o caso é sério e ainda mais grave que o que ela passou “no caso do meu filho o caso é um tanto mais avançado porque ele já nasceu com as células dos câncer, no meu caso as células do câncer se desenvolveram quando eu já tinha um ano” explicou a mamãe do Christian.

Apesar do tratamento ser custeado pelo SUS (Sistema único de Saúde) os custos da viagem são altos, aliás, a estadia na capital paulista não tem previsão para chegar ao fim, por isso amigos e ex-colegas de trabalho de Suelen, que foi estagiária no gabinete do vereador de Blumenau, Oldemar Becker, organizaram uma “Vaquinha Virtual” afim  de arrecadar fundos para bancar parte dos custos com a viagem e auxiliar no tratamento do menino.

Fotos: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

Hoje Suelen é bacharel em direito, mas tem como única experiência de trabalho, sua passagem pelo Legislativo Municipal, já que por conta de sua deficiência visual tem dificuldades de conseguir emprego. Becker tem lutado por oportunidades às pessoas com necessidades especiais, e fez questão de lhe garantir o estágio.

Qualquer pessoa que tem interesse em contribuir poderá acessar campanha clicando neste link e fazer uma doação através do cartão de crédito. Para quem preferir fazer um depósito bancário, os dados são: Agência 1544, Conta Poupança 00043111-0, Operação 013 na Caixa Econômica Federal.

“Minha esperança sonho é que ele faça um tratamento e não perca a visão, podendo voltar para casa o quanto antes, mas caso não seja possível, eu já ficarei feliz se ele voltar para casa vivo, mesmo que tenha que lidar com a deficiência visual” disse a jovem ao Notícias Vale do Itajaí.

error: Conteúdo Protegido!!