Uma selva farmacêutica

Estudos demonstram que o Brasil tem a maior diversidade de plantas do planeta. De acordo com a Flora do Brasil – catálogo administrado pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro – neste momento, são reconhecidas 46691 espécies para a flora brasileira, sendo 4756 de Algas, 33257 de Angiospermas, 1569 de Briófitas, 5719 de Fungos, 29 de Gimnospermas e 1361 de Samambaias e Licófitas.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

A Terra tem cerca de 30% da superfície coberta por florestas, com mais de 60 mil espécies de árvores, mas os efeito do desmatamento e do aquecimento global que causam mudanças climáticas preocupa. No território brasileiro preocupação deve ser ainda maior, pois, sumindo um só espécie de árvore nativa, todo o ecossistema ao redor é impactado.

Proteger a natureza é proteger a saúde, já que vem das plantas a maior parte da matéria prima dos medicamentos, por exemplo. Para se ter uma ideia, entre as vinte drogas mais vendidas nos Estados Unidos em 1988, apenas sete não derivavam diretamente de produtos naturais. Naturalmente, o Brasil, com sua enorme biodiversidade pode contribuir muito com pesquisas que podem levar até mesmo a cura de um das doenças que mais mata no mundo, o câncer.

Foto: Divulgação / Peter Skitterians

error: Conteúdo Protegido!!