Uma reação pela vida

Todo cidadão de bem, que constrói com muito suor seu lar e seu empreendimento sabe o quanto é difícil conquistar as coisas de forma honesta na vida e o quanto se torna doloroso perder essas conquistas ou até mesmo quem lhe ajudou a construir tudo por uma ação de criminosos.

Na noite desta sexta-feira (26) um indivíduo não pode contar com a sorte do seu lado a realizar um assalto numa conveniência localizada no bairro Vila Nova, em Blumenau. O casal, proprietário do estabelecimento possuem arma de fogo registradas e são aptos da prática de tiro e a mulher acabou reagindo contra o assaltante que tinha conhecimento de que o dono do comercio possuía consigo uma pistola.

Imagens: Reprodução / Sistema de Monitoramento

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Na reação, para salvar a vida de seu companheiro e evitar que perdesse ali a arma que circularia nas mãos de marginais, a mulher que atendia no caixa agiu rapidamente a alvejou o criminoso, Evandro de Andrade, de 26 anos, que já possui uma ficha policial considerável. Evandro não conseguiu concretizar o crime, juntamente com um comparsa, mas permanece vivo, internado no Hospital Santa Isabel.

O bandido também armado, mesmo ferido recebeu voz de prisão, pela Polícia Militar (PM), que de forma bastante efetiva chegou rapidamente no local e acionou o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que prestou o socorro inicial ao alvejado. Para a PM a reação foi em clara legítima defesa.

A reação dos comerciantes é de fato uma evidência de como a sociedade anda cansada de ter que lidar dioturnamente com os agentes da criminalidade que vivem a destruir conquistas, lares e famílias sem a menor piedade. Dessa vez para Evandro, não deu certo e ela não poderá simplesmente contar apenas com o “desconforto” da prisão, terá em seu próprio corpo a sequela de um crime que cometeu.

Foto: Reprodução / Viodeomonitoramento

error: Conteúdo Protegido!!