Tremor de terra é sentido em Santa Catarina; não houve registro de vítimas

O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) confirmou um tremor considerado moderado na margem continental brasileira, localizada a 100 quilômetros da costa de Florianópolis. O tremor de 3,6 de magnitude na Escala Richter foi registrado às 9h28 de hoje (13) e alguns moradores do Vale do Itajaí passaram por um grande susto, isso porque em alguns imóveis o terremoto foi sentido.

De acordo com os técnicos do centro, parte das ondas do tremor se propagou na costa sendo sentido em cidades como Florianópolis, São João Batista, Blumenau, Itajaí e como maior intensidade na Barra da Lagoa, localidade mais próxima ao oceano. No caso de Blumenau, o único registro aconteceu num condomínio popular localizado no bairro Progresso, região sul da cidade.

“Sentimos um tremor forte, chegou a dar alguns estalos no prédio, todos os moradores do bloco 5 ficaram assustados e fomos todos para a rua.” disse Laureci Xavier ao Notícias Vale do Itajaí. Ele é morador do Condomínio Parque das Nascentes II, afetado pelo tremor e foi umas das pessoas a entrar em contato com a Defesa Civil. Apesar do susto dos moradores de apenas um dos prédios, o secretário da Defesa Civil do Município, Rodrigo Quadros afirma que não há risco na edificação e que serão feitas novas vistorias no imóvel no decorrer das próximas semanas.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Já a secretaria de Defesa Civil de Santa Catarina divulgou nota informando que o sismo foi de baixa magnitude, portanto não oferece riscos secundários, como da ocorrência de tsunamis. “Ressaltamos que eventos dessa natureza são atípicos para a região Sul do território brasileiro, quando, sendo o registro atual (13/04/2018) o de maior magnitude nos últimos dois anos”, informou o comunicado.

O Corpo de Bombeiros do estado recebeu cerca de 30 chamados de pessoas relatando terem sentido o tremor. No entanto, em nenhum chamado houve pedido de ajuda para resgate. Os relatos vieram principalmente, de acordo com a corporação, dos moradores da capital.  Nenhuma viatura ou equipe de socorro chegou a ser enviada para os locais de chamado. Ainda assim, segundo os bombeiros, todos os registro foram repassados à Defesa Civil para avaliação do local onde os tremores foram sentidos.

 

*Com informações da Agência Brasil
Foto: Divulgação / Secretaria de Defesa do Cidadão de Blumenau

error: Conteúdo Protegido!!