Associação Brasileira dos Promotores de Eventos se manifesta a respeito a respeito da normativa que torna ilegal a cobrança diferenciada para homens e mulheres

A Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (ABRAPE), emitiu uma nota se manifestando a respeito da normativa que torna ilegal

Ler mais
error: Conteúdo Protegido!!