Sem Vettel na disputa, Lewis Hamilton vence GP de Cingapura de F1

– DA ANSA

Após uma largada caótica, que tirou o piloto alemão Sebastian Vettel da prova, o britânico Lewis Hamilton garantiu a vitória neste domingo (17) no Grande Prêmio de Cingapura e ampliou sua liderança no campeonato.

O piloto australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, garantiu a segunda colocação, seguido do finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes. Com a vitória, Hamilton abre 28 pontos na liderança do campeonato mundial de pilotos.

Logo na largada, Kimi Raikkonen, da Ferrari, e Max Verstappen, da Red Bull, ocasionaram uma série de acidentes. Vettel largou na pole e jogou seu carro para a esquerda para segurar o avanço do holandês da Red Bull. Por sua vez, Verstappen tentou bloquear a ótima largada de Raikkonen, que tentou passá-lo pela esquerda. No entanto, o finlandês atingiu o carro da Red Bull, e em seguida acertou o companheiro de equipe.

Esta é a primeira vez na história da Fórmula 1 que dois carros da Ferrari se colidem e abandonam a competição juntos. Depois do acidente, Raikkonen reclamou do piloto da Red Bull pelo rádio. “Estou bem. Isso é ridículo”.

Por sua vez, em meio à frustração, Vettel falou sobre a tristeza sentida. “Não entendi o que aconteceu. Olhei quem vinha pela esquerda, tentei fechar e me acertaram. Estou muito triste, não tive culpa alguma”, afirmou o piloto.

“Tive que sair e tenho que pensar no que fazer para continuar na briga pelo título. É uma corrida longa, mas agora estamos no lado ruim. Eu saí bem, mas fui para a esquerda para segurar Max um pouco e logo me tocaram”, completou Vettel, ressaltando que terá novas oportunidades.

 

Foto: Steven Tee / LAT Images

error: Conteúdo Protegido!!