Sem diárias

Os resultados das urnas da do último pleito eleitoral, para muitos especialistas e comentarias políticos, foi uma demonstração evidentes de que o brasileiro quer ter representantes que de fato representem a nova política, em que eleitos passem a representar com dignidade seus eleitores e de fato façam mais com menos.

Apesar de ter ficado na suplência para a Câmara Federal, o policial civil Rui Godinho da Mota, que atualmente ocupa o cargo de presidente da Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte), cargo que recebeu do governador Carlos Moisés da Silva – também de seu partido, o PSL – vem demonstrando que está disposto a representar bem esse desejo do eleitorado.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Apesar de não estar ocupando um cargo eletivo, Rui Godinho vem demonstrando que algumas “regalias” podem deixar de lado. Desde que assumiu o cargo na Fesporte, dia 3 de janeiro, não tem usado um centavo sequer com diárias, mesmo viajando para diversas cidades de Santa Catarina.

Apesar de ter residência fixa em Blumenau, Rui alugou por conta própria um apartamento na Capital para que não precise se deslocar diariamente, tão pouco use dinheiro público para hospedagem. “Mesmo se eu precisar usar diárias para me hospedar em hotéis durante viagens, todo o dinheiro que sobrar será devolvido para os cofres públicos” afirmou Rui ao Notícias Vale do Itajaí.

Foto: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

error: Conteúdo Protegido!!