Relator Herman Benjamin diz que a chapa Dilma-Temer cometeu abuso de poder econômico e político nas eleições de 2014 e vota pela cassação

O relator da ação que julga a campanha eleitoral de Dilma Rousseff e Michel Temer, ministro Herman Benjamin, votou a favor da cassação da chapa no pleito de 2014. Segundo o ministro, o sistema eleitoral brasileiro faz com que o eleitor vote em dois candidatos e não há como separar o presidente do vice-presidente. Herman Benjamin ainda ressaltou que as contas de campanha do então candidato à vice-presidência foram quitadas pelo “caixa comum” da campanha.

A sessão foi suspensa para almoço e a partir do retorno os demais ministros pronunciarão seus votos. Acompanhe:

 

Confira aqui a apresentação de provas documentais o pronunciamento do voto do ministro Herman Benjamin.

Aqui você pode conferir a terceira e a quarta sessões, ocorridas nesta quinta-feira (8).

Saiba tudo o que ocorreu na segunda sessão, que aconteceu na última quarta-feira (7): clique aqui.

Clique aqui para entender melhor o processo e assistir a primeira sessão.

 

*Com informações da Ansa

error: Conteúdo Protegido!!