PRFs do RJ e de SP irão acompanhar processo do MPF relacionado ao acidente com Jaguar

Pelo menos dois policiais rodoviários federais corregedores do Rio de Janeiro e um de São Paulo foram deslocados para Santa Catarina nesta quarta-feira (8) para acompanhar o processo aberto pelo Ministério Público Federal que investiga a conduta do plantonistas que não abordaram o Jaguar F-Pace conduzido por Evanio Wylyam Prestini, que condizia o veículo sob efeito de álcool e acabou se envolvendo num acidente que resultou em duas mortes na BR-470. Momentos antes do acidente a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi comunicada por uma família – que registrou a forma perigosa que o Jaguar vinha sendo conduzido – sobre a situação, porém nada foi feito para que o veículo fosse abordado. O trabalho da corregedoria está sendo coordenado pela sede da PRF, em Brasília e tudo indica que os plantonistas do posto de Blumenau no dia 23 de fevereiro terão que conseguir boas explicações para que não sofram punições por conta da situação. A vinda de corregedores de outros estados teria o objetivo da garantia da isenção no processo.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Foto: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

error: Conteúdo Protegido!!