Polícia Civil, apreende pela primeira vez em Santa Catarina, droga ‘zumbi’, que induz ao canibalismo

Através da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico (DENARC), da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), a Polícia Civil apreendeu na manhã desta sexta-feira (1º), uma quantidade considerável de catinona (derivados de anfetaminas, conjugadas com a planta chamada khat – árvore nativa da África do Sul), uma nova droga, que causa alucinações e que segundo a polícia induz ao canibalismo. Esta seria a primeira vez que este alucinógeno devastador foi apreendido em solo catarinense. Além desta droga, também foi apreendido 9,1kg de cocaína, 2,3kg de crack, R$ 16 mil, celulares e ainda, a prisão de um homem, de 35 anos, natural de Florianópolis, com antecedentes criminais por roubo.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

De acordo com as investigações que ocorriam há cerca de três meses, o suspeito estaria realizando o tráfico de drogas na região. Para o delegado Pedro Henrique Mendes, que coordena a equipe que procedeu com as investigações a droga fracionada se transforma em droga sintética e além de ser considerada uma derivante muito mais forte do ecstasy, pode desestruturar a personalidade de quem o usa. Ainda de acordo com a polícia, a catinona é comercializada a R$ 100 reais a grama.

 

Foto: Divulgação / Polícia Civil

 

error: Conteúdo Protegido!!