Padrasto e enteado são executados dentro da própria casa, em Blumenau

José Janailson de Lima, de 30 anos e seu padastro Cleones de Jesus Santos, de 41 anos foram executados com tiros a queima roupa por volta das 2h da madrugada deste feriado de 1º de maio, dentro da casa onde residiam com a família, localizada na Rua Helitiano de Souza, transversal da Rua Araranguá, no bairro Garcia, região sul de Blumenau.

Segundo informações repassadas por familiares ao Notícias Vale do Itajaí, Lima trabalhava numa empresa de ferragens e Santos era funcionário da empresa Souza Cruz, e eles não possuíam envolvimento com o mundo do crime, salvo uma ocorrência de flagrante de tráfico de drogas, envolvendo também um jovem de 25 anos no dia 8 de março, em que os três foram conduzido à Delegacia, mas apenas Johnata Maia Ferreira ficou preso, sendo encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau. A Polícia Militar (PM) afirmou que as vítimas possuíam passagens policiais.

Naquele dia, pós o recebimento de denúncias, a Polícia Civil, apurou o comércio de drogas no local dos homicídios desta quarta-feira (1º), em que Johnata usava uma moto Honda Bros, preta, atuando como “motoboy” de aplicativo de lanches, inclusive com bolsa para entrega dos entorpecentes. Ferreira – que ficou preso – foi conduzido juntamente com José e Cleones, que foram liberados pela Polícia Civil, por falta de provas de envolvimento da ilicitude. No local foram apreendidas cocaína e maconha, além de materiais que eram utilizados no preparo das drogas.

Foto: Divulgação / Polícia Civil (Arquivo 08/03/2019)

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Ainda de acordo com a família, dois homens chutaram a porta, invadiram a residência armados, pediram para que crianças e mulheres se afastassem e disparam diversos tiros de pistolas conta as vítimas, que perderam a vida na hora. Além dos dois, haviam três mulheres e quatro crianças na residência no momento em que o crime ocorreu. De acordo com técnicos do
Instituto Geral de Perícias (IGP), tudo indica que duas armas diferentes foram utilizadas.

Fotos: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

Em seguida a PM foi acionada e os óbitos foram constatados. Mediante aos óbitos a Polícia Civil e o IGP também foram até o local para buscar dados que possam levar a identificação dos autores e da motivação das execuções. A Divisão de Homicídio deve trabalhar em pelo menos duas linhas. Uma que envolve o fato de março e também sobre uma suposta ameaça que partiu do proprietário do antigo imóvel de onde residiam, na Rua Barcelona, já que uma pequena dívida havia ficado para trás.

Os corpos das vítimas, que residiam no local há apenas 2 meses foram encaminhado ao Instituto Médico Legal da cidade e devem ser liberados no decorrer de hoje para os procedimentos fúnebres. De acordo com o relato das mulheres, eles vivem a quatro anos em Blumenau, e são naturais da região nordeste, mais precisamente dos estados do Sergipe e de Permambuco.

error: Conteúdo Protegido!!