ONG de ressocialização de dependentes químicos promove almoço beneficente

Como um lar onde a harmonia é intensa. É assim que pode-se definir a ONG (Organização Não Governamental) Associação Família Feliz fundada e gerida pelo empresário e ex-dependente químico Marciano Pering, que busca manter um lugar onde se aborda multidisciplinarmente a reabilitação e reinserção social, sem o assistencialismo.

Na casa, 18 ex-usuários de drogas que já passaram por centros de recuperação, convidados a fazer parte da associação trabalham, oram, participam de reuniões e se ajudam a vencer esse mal que assola a sociedade humana. Para tanto necessitam do acolhimento da comunidade externa que pode contribuir com simples gestos.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

“A maior parte da renda para manutenção das ONG, vem através da lavação de veículos e atendimento em nossa hamburgueria” diz Marciano ao mostrar o serviços realizados pelos próprios acolhidos pela Família Feliz. “Além desses serviços de atendimento ao público toda a manutenção do prédio é feita por eles. Aqui temos pedreiros, jardineiros, eletricistas entre outros profissionais” relata o idealizado do projeto ao informar sobre a atividade prestadas pelos ex-dependentes.

Fotos: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

Álvaro Theodoro Ruedger, de 49 anos, um dos acolhidos pela entidade, afirma que a oportunidade oferecida pela Associação é algo raro de se encontrar “Muitas comunidades terapêuticas me ajudaram, mas depois de sair delas o retorno à sociedade é muito difícil e esse lugar encurta o caminho, é muito difícil encontrar uma ONG que faça o que a Família Feliz está fazendo.” relatou Ruedger ao Notícias Vale do Itajaí.

Ruedger diz que não pretende ficar por muito tempo no local e que buscará sua família em breve. Limpando do jardim, o ex-dependente afirma que o mais importante para estimular a saída do mundo das drogas é o Evangelho, pregado tanto nas comunidades terapêuticas quando nessa “casa de passagem” que fica localizada no bairro Itoupava Seca, em Blumenau.

“Isso nos auxilia muito, caso contrário é um cai e levanta contínuo” comentou o homem que ainda se considera um dependente químico. “A gente recebe o perdão da família, mas as feridas e as marcas ficam, a grande vantagem é que nós também somos a marca da promessa” enfatizou Pering enquanto limpava o jardim, relembrando o que aprendeu com um canto de louvor.

Interessados em participar do almoço neste domingo (7) pode entrar em contato com a Associação Família Feliz através da página da ONG no Facebook, ou então com Marciano, através do número 47 99960-4301. O Almoço Feliz custará apenas R$ 30. O cardápio será composto por contra-filé, feito de frango e bisteca suína, de carne, arroz, macarronada, maionese, batata frita, aipim com bacon e saladas.

“É vinda das pessoas no almoço deste domingo é fundamental, mas a melhor forma da sociedade ajudar realmente é vindo aqui usar a lavação ou então vir com a família fazer um lanche, assim todos nós nos sentimos acolhidos e valorizados, e quem vem a primeira vez acaba retornando pela boa qualidade” enfatiza Pering.

Cotidianamente a Associação depende de doações, e há uma prioridade para o recebimento de móveis, como camas, principalmente beliches, guarda-roupas, cômodas etc. Além disso há uma conta bancária para recebimento de doações financeiras. Quem tiver interesse em contribuir pode efetuar depósito em qualquer valor na Viacredi – Banco 085, Agência 0101, conta corrente 994822-8, o Cnpj da instituição localizada na Rua Regente Feijó, 42, é 29.774,856/0001-04

error: Conteúdo Protegido!!