Nova bacia de evolução do Complexo Portuário de Itajaí recebe primeiro teste com navio de 300 metros

O Complexo Portuário de Itajaí realizou, nesta quinta-feira (16) a primeira manobra especial de teste na nova bacia de evolução. A manobra foi executada com o navio “Valor”, de 300 metros de comprimento e 48,3 metros de largura (boca) e durou cerca de 1h e 40 minutos. A ação foi permitida por conta da obra de dragagem realizada pelo Governo do Estado para o aumento da capacidade da Bacia de Evolução, concluída em abril de 2019, além de investimento complementar do Porto de Itajaí e da Portonave.

A manobra, efetuada pela primeira vez no Brasil, iniciou no berço 02 da Portonave. O navio foi rebocado de ré até a área da bacia, dando sequência para o giro de 180º.

A nova bacia contempla 500 metros de diâmetro e 14 metros de profundidade. O investimento de R$ 141,9 milhões do Governo do Estado possibilita a atracação de navios de 335 a 366 metros de comprimento e 48 a 52 metros de largura.

É uma obra de extrema importância que trará mais desenvolvimento econômico para Santa Catarina”, afirmou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler.

O Complexo Portuário de Itajaí é segundo maior em operações de contêineres no Brasil, representando quase 4% da balança comercial brasileira e 60% dos produtos produzidos em Santa Catarina. A estimativa é que com a chegada de navios maiores, aumente em 30% a movimentação de contêineres – o que representa R$ 27 milhões a mais de receita nas atividades ligadas ao setor portuário. 


Foto: Daiane Fagundes / Portonave 

error: Conteúdo Protegido!!