Neymar acerta soco no rosto de torcedor após derrota do PSG

da ANSA

Após ter perdido neste sábado (27) a final da Copa da França para o Rennes, o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain (PSG), deu um soco no rosto de um torcedor do time adversário que o provocou.

A agressão aconteceu quando Neymar estava indo receber a sua medalha de vice-campeão. Quando o brasileiro passou perto do torcedor, ele provocou o camisa 10 do PSG, que o respondeu acertando um soco no rosto.

Segundo a imprensa francesa, o torcedor é amigo de um dos jogadores do Rennes e ainda chamou o italiano Marco Verratti de racista e disse que o goleiro Gianluigi Buffon é um “bouffon” (“bobo”, em francês). Ele também teria dito para Neymar que o atacante deveria “aprender a jogar bola”.

Depois da agressão, o astro brasileiro comentou sobre sua atitude nas redes sociais. “Tô errado? Estou. Mas ninguém tem sangue de barata”, disse Neymar.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

O homem agredido foi identificado como Edouard e ele não é torcedor do Rennes, mas sim do Nantes. Em uma entrevista ao jornal “L’Équipe”, o francês negou ter insultado qualquer atleta do PSG. Além disso, ele afirmou que ficou “chocado” com a atitude do brasileiro.

“[Estou] Chocado. Não o insultei. Disse que eles [PSG] foram nulos no jogo, falando em toda a equipe. Quando os jogadores chegaram, disse a eles: ‘Vocês já eram! Viva o Rennes'”, disse Edouard.

Na zona mista, Neymar, que fez um gol e deu uma assistência, não parecia irritado com a derrota, mas criticou os jovens jogadores do PSG.

“Todo mundo correr. Pelo que vejo ali, tem muito jovem que é um pouco, não digo perdido, mas faltam mais ouvidos do que a própria boca. Algum cara mais experiente fala, e eles retrucam, ou o próprio treinador fala, e eles retrucam”, comentou o brasileiro.

Na decisão, Rennes e PSG empataram por 2 a 2 no Stade de France, em Paris. Nos pênaltis, o clube rubro-negro venceu por 6 a 5, após Christopher Nkunku desperdiçar sua cobrança. Essa foi a terceira Copa da França da história do time da região da Bretanha.

Foto: Lucas Figueiredo / CBF (Arquivo)

error: Conteúdo Protegido!!