Navio brasileiro resgata refugiados sírios no Mediterrâneo

da ANSA

Um navio da Marinha do Brasil socorreu 31 refugiados que estavam à deriva em um barco clandestino na costa do Líbano, no Mar Mediterrâneo Oriental.

Segundo o Ministério da Defesa brasileiro, o resgate foi feito pela fragata “Liberal”, que integra a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Unifil), na última quinta-feira (31).

Os refugiados, provenientes da Síria, estavam sem comida e água havia três dias e pretendiam chegar ao Chipre, que faz parte da União Europeia.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

“Toda assistência necessária foi fornecida pela Unifil, para amenizar o sofrimento das pessoas a bordo, com o fornecimento de água, comida, assistência médica e alguns medicamentos”, diz uma nota do Ministério da Defesa.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), 25.437 migrantes forçados conseguiram concluir a travessia do Mediterrâneo Oriental em 2018 e outros 152 morreram tentando.

 

Foto: Divulgação / Força Tarefa Marítima Unifil

 

error: Conteúdo Protegido!!