Não há mais nenhum ponto de paralisação em rodovias federais, afirma PRF

De acordo com o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Renato Dias, não existe mais nenhum ponto de aglomeração dos caminhoneiros nas rodovias federais. Dias fez um apelo para que os caminhoneiros fiquem atentos a lideranças que incitam novas paralisações.

“A pauta foi exaurida. O governo está garantindo os R$ 0,46 na bomba. Não deixem que falsos líderes com interesses diversos dos interesses do caminhoneiros usem vocês para agitar e fazer baderna nas rodovias federais” disse  diretor da PRF.

Dias destacou que podem haver eventuais interdições parciais em rodovias, mas não significam que se trata do mesmo movimento. De acordo com ele, a PRF lida com interdições diariamente, provocadas por motivos diversos.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

 

Santa Catarina

De acordo com a PRF, enre ontem e hoje, mais de 60 locais de manifestação foram desmobilizados em Santa Catarina. Alguns foram desfeitos por iniciativa dos próprios manifestantes e outros por atuação da PRF com o Exército Brasileiro, Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Civil e Ministério Público Federal.

De acordo com o núcleo de comunicação da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, o patrulhamento em rodovias catarinenses permanecem com intuito de assegurar o rápido retorno ao cotidiano com o fim da greve dos caminhoneiros. De Norte a Sul na BR 101, o 62º Batalhão de Infantaria e a 3ª Companhia do 63º Batalhão de Infantaria, seguem nas ações de segurança das vias.

Na BR 282, o 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada, a Oeste e o 63º Batalhão de Infantaria, a Leste, continuam em permanente patrulhamento. Já no Vale do Itajaí, seguindo na BR 470, o 23º Batalhão de Infantaria permanece atento ao livre transito dos transportes.

No interior, seguindo de Sul a Norte, na BR 116, o 28º Grupo de Artilharia de Campanha, promove a circulação contínua do tráfego viário.
O retorno ao trabalho de mais de 1000 caminhoneiros e a redução acelerada dos pontos de concentração, são resultado da ação integrada das Forças de Segurança em todo o estado.

 

Foto: Exército Brasileiro / Divulgação

error: Conteúdo Protegido!!