Lombadas eletrônicas da BR-470 e de outras rodovias federais não irão mais multar. Bolsonaro afirmou que não governo não renovará contratos

Desde o dia 14 de janeiro deste ano os pardais e as lombadas eletrônicas instaladas na BR-470 não estão multando veículos, ainda que estejam circulando acima da velocidade permitida na rodovia. De acordo com informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) o contrato da operação dos controladores eletrônicos de velocidade, junta a empresa Eliseu Kopp & Cia, firmado em dezembro de 2010, foi encerrado.

Na noite desta quinta-feira (7) acompanhado do porta voz do governo general Otávio Santana do Rêgo Barros (Sem partido) e o ministro general Augusto Heleno Ribeiro Pereira (Patriotas), o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PSL), fez uma transmissão ao vivo via redes sociais que tratou de diversos assuntos e disse ser contra a fiscalização eletrônica as estradas. “Há uma quantidade enorme de lombadas eletrônicas no Brasil, é quase impossível você viajar sem receber uma multa” afirmou o presidente a partir do 9º minuto do vídeo.

“A gente sabe que no fundo, ou desconfia, que o objetivo não é diminuir acidentes… hoje se está muito mais preocupado em se olhar para o lado, no barranco, na questão das lombadas eletrônicas, do que para a sinuosidade as pistas” afirmou o mandatário e concluiu que o monitoramento eletrônico pode ser realizado por empresas concessionárias em estradas pedagiadas. “Vale lembrar, que o Dnit, até há pouco tempo estava na mão de partido político, isso acabou.” concluiu sobre o assunto.

No caso da BR-470, os pontos onde há fixação de fiscalização eletrônica, possui altos índices de acidentes ou relação com o alto número de circulação de pedestres, inclusive, algumas dessas lombadas foram implantadas após mobilização da sociedade. Elas estavam em funcionamento desde 2010. Para a especialista em segurança no trânsito e colunista do Notícias Vale do Itajaí, Márcia Pontes, o “ideal seria fazer uma revisão dos locais onde estão essas lombadas, que são um importante mecanismo para inibir a alta velocidade, principalmente em trechos onde há escolas, comércios e uma grande circulação de pessoas” confronta a especialista.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Além das lombadas eletrônicas, também foram tratados pelos três diversos outros assuntos, como por exemplo o discurso de Bolsonaro no Corpo de Fuzileiros Navais na manhã de ontem (7), que acabou gerando mais uma polêmica. A nova proposta da reforma da Previdência Social, a apresentação de uma Medida Provisória sobre método de cobrança de contribuições sindicais, gastos com cartão corporativo e o aumento do prazo da validade da Carteira Nacional de Habilitação, de 5 para 10 anos, também foram tratados, entre outros assuntos.

Confira a transmissão na íntegra:

https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/

Foto: Reprodução / Facebook

error: Conteúdo Protegido!!