Homem é condenado a mais de 21 anos de prisão por feminicídio, em Navegantes

Na última semana, o Fórum de Navegantes inaugurou o auditório do Tribunal do Júri, com a Comarca recentemente instalada em sua nova sede, para o julgamento de um homem acusado de feminicídio. A sessão foi presidida pelo juiz Gilberto Gomes de Oliveira.

O homem assassinou a companheira com um tiro de revólver calibre .38 na cabeça na madrugada de 9 de julho de 2017, na residência do casal, localizada no bairro Meia Praia. O relacionamento já durava dois anos, marcado por muitas desavenças e ameaças de morte direcionadas à vítima, conforme relato de familiares e amigos da mulher.

A pena aplicada a ela foi de 21 anos e oito meses de reclusão, em regime fechado, mais 20 dias-multa. A condenação envolveu ainda a posse ilegal de arma de fogo.


Preso durante a instrução processual, o homem assim permanecerá ainda que sua defesa recorra ao Tribunal de Justiça, uma vez que remanescem os motivos que determinaram a decretação de sua prisão preventiva.


Foto: Divulgação / Comarca de Navegantes

error: Conteúdo Protegido!!