Governo brasileiro reforça ideia de extraditar Cesare Battisti

Membros do governo brasileiro reforçaram que o crime de evasão fiscal cometido pelo escritor italiano Cesare Battisti condenado a prisão perpétua em seu país, pode fortalecer os fundamentos legais de sua extradição para a Itália, informou o jornal “Estado de São Paulo”.

Segundo a publicação da última sexta-feira (6), Michel Temer aguarda um parecer jurídico do Planalto para decidir se extradita o italiano, o que anularia o asilo político concedido ao terrorista pelo ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva. Na última semana o criminoso tentou sair do Brasil e entrar em território boliviano.

A tendência do presidente é extraditar Battisti, mas Temer quer aguardar um posicionamento da Secretaria de Assuntos Jurídicos da Casa Civil para anunciar sua decisão.

Ainda de acordo com o jornal, o parecer entregue pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, defende a devolução de Battisti, condenado à prisão perpétua em seu país de origem por assassinar quatro pessoas.

 

Foto: José Cruz / Agência Brasil (Arquivo NVI)

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

error: Conteúdo Protegido!!