Evanio Prestini será ouvido em audiência judicial nesta segunda-feira (6)

O motorista do Jaguar F-Pace, Evanio Wylyan Prestini, de 32 anos, que se envolveu no acidente de trânsito que resultou em duas mortes na BR-470, no dia 23 de fevereiro, em Gaspar será ouvido nesta segunda-feira (5) pelo juíz Lenoar Bendini Madalena, no fórum da cidade. Além de Suelen Hedler da Silveira, de 21 anos e de Amanda Grabner Zimmermann, de 18 anos, que perderam suas vidas outras três ocupantes de um Fiat Palio, atingido pelo Jaguar, ficaram feridas.

Evanio estava bêbado no momento do acidente e foi preso em flagrante após a realização do teste de bafômetro, que acusou 0,72 mg de álcool por litro de ar expelido, sendo que a Polícia Rodoviária Federal foi comunicada por um outro homem que filmou o jeito perigoso em que Prestini vinha conduzindo seu veículo pela rodovia federal, desde o Alto Vale do Itajaí.

Fotos: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Desde o momento de que foi encaminhado para Delegacia de Polícia, diversos advogados renomados foram contratados pela família Prestini, além de peritos particulares, na tentativa de amenizar a culpa da imprudência e do crime de trânsito cometido pelo abastado empresário de Guaramirim, cidade do norte de Santa Catarina.

Mesmo com esse “arsenal” de profissionais que tentam achar na legislação alguma brecha para possibilitar a soltura de Evanio, ele permanece preso no Presídio Regional de Blumenau e amanhã (6) ele terá a oportunidade de falar numa audiência que será acompanhada pelo Notícias Vale do Itajaí, autoridades e muita gente da comunidade, que estará em frente ao Fórum de Gaspar para uma manifestação a partir das 14h45min.

Além de Evanio, as sobreviventes do acidente e algumas testemunhas também devem ser ouvidas. Após os trâmites da audiência o juíz deve determinar se o réu será julgado ou não através de júri popular, uma das decisões mais aguardas por todas famílias envolvidas e até mesmo por parte da população de toda a região.

error: Conteúdo Protegido!!