Enquanto o Brasil registra calor escaldante, onda de frio nos EUA leva temperatura a -53ºC

O verão segue com temperatura acima da média climatológica em todas as regiões de Santa Catarina. Meteorologistas da Epagri/Ciram afirmam que em fevereiro, ondas de calor devem manter a temperatura alta no estado, inclusive no período noturno, por vários dias consecutivos. A previsão é que somente no fim de março e em abril começam a chegar as primeiras massas de ar frio, porém a previsão para o início do outono neste ano vai depender da configuração do El Niño

Também há indicação de que a quantidade de chuva seja próxima a acima da média, no trimestre. Em fevereiro a chuva continua ocorrendo com frequência, porém de forma mal distribuída, típica característica da estação mais quente do ano, quando são comuns os temporais com granizo e ventania, por vezes com acumulados significativos de chuva em curto espaço de tempo.

Sendo assim, o catarinense pode se preparar para dias muito quentes, assim como também está ocorrendo em outras regiões do Brasil, como no Rio de Janeiro, que registrou ontem (30) um abafamento que superou os 43ºC de sensação térmica.

Hoje (31), o sol estará presente em quase todas as regiões catarinenses, com mais nuvens e chuva fraca no início do dia no Norte do estado, com temperaturas que podem se aproximas dos 40ºC. No decorrer do dia, aumento de nuvens, e, a partir da tarde, pancadas de chuva, com risco de temporais localizados, ventania, descarga elétrica e granizo. No Vale do Itajaí, no fim da tarde e à noite é que podem ocorrer trovoadas.

Essa situação nas cidades do Vale seguem até sábado, sendo que a partir do domingo (03) é que as temperaturas tendem a abaixar, ficando um pouco mais agradáveis, pelo menos até a terça-feira (05), quando o calor deve começar com muita intensidade novamente. Haja ar condicionado, haja água fresta, protetor solar e dinheiro no bolso para pagar a conta de luz…

Praia do Atalaia em Itajaí, dia 29 de janeiro, em que a sensação térmica chegou próximo dos 54ºC na cidade. Foto: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí


>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Onda de frio nos EUA

Já nos Estados Unidos, na América do Norte, uma massa de ar gelado, conhecida como vórtice polar, pode fazer a temperatura atingir -53ºC. Pelo menos 15 pessoas já morreram nesses últimos dias devido ao frio que o país enfrente, sendo que 55 milhões de indivíduos enfrentarão as temperaturas mais baixas das últimas décadas.

Alguns estados americanos, como Wisconsin, Michigan, Illinois, Alabama e Mississippi já declararam situação de emergência, enquanto Chicago experimentou -30ºC e Dakota do Norte viu os termômetros marcarem -37ºC, temperaturas mais baixas que as registradas na Antártica, fazendo com que centenas de unidades escolares e outras instituições anunciem que estarão de portas fechadas nos próximos dias, além de mais de mil voos cancelados.

Termômetro marcando temperatura no Meio Oeste dos EUA – Foto: Divulgação / White House

Causa: O frio é resultado de uma corrente de ar conhecida como vórtice polar, que normalmente circula a estratosfera perto do Polo Norte. Os meteorologistas afirmam que a corrente fria se deu por um aquecimento repentino no Polo Norte, causado por uma frente quente originada no Marrocos em dezembro, que dividiu o vórtice polar, e o levou a se deslocar para o sul dos Estados Unidos.

Foto em destaque: Jefferson Santos / Notícias Vale do itajaí (Fim de tarde em Itajaí)

error: Conteúdo Protegido!!