Em Blumenau, R$ 30 mil reais seriam trocados por “bilhete premiado” consumado

É mais um daqueles casos de golpe de supostos bilhetes de loterias premiados, mas dessa vez os golpistas não tiveram tanta sorte. É que no início da tarde desta terça-feira (19) a Polícia Militar (PM) atendeu um caso de estelionato em que a vítima acertou de palavra a troca de R$ 30 mil por um bilhete da loteria que estaria premiado em R$ 2,9 milhões.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

De acordo com as informações divulgadas pela PM, a vítima de 69 anos foi até um posto da Caixa Econômica Federal, localizado no prédio da Justiça Federal da Rua Padre Roberto Landell de Moura, no Centro de Blumenau, tentando trocar um bilhete da loteria, mas acabou recebendo a informação do gerente do banco, que apesar do prêmio existir, já havia sido sacado no ano passado.

Ao perceber que havia caído num golpe, a vítima relatou que estava indo para o trabalho, quando foi abordada por um homem que depois de pedir informações de uma loja que não existe na região, começou a contar uma história de um bilhete premiado da Quina. Em seguida outro indivíduo apareceu apareceu e começou a falar sobre o bilhete e disse que realmente estava premiado.

Os dois golpistas continuaram lubridiando a vítima e afirmaram que precisavam de seus documentos para retirar o valor do prêmio e como não tinham no momento, solicitaram uma transferência de R$ 100 mil para a entrega do bilhete. A vítima “negociou” com eles, e conseguiu baixar o valor para R$ 30 mil, sendo essa quantia o valor combinado, porém não transferido.

Assim que houve o “acerto” do depósito, a vítima se dirigiu ao posto bancário, onde o gerente lhe informou que bilhete realmente era verdadeiro, mas que já havia sido retirado em dezembro de 2018, e a vítima foi orientada. A PM fez rondas na região, mas os “larápios” não foram localizados.

Foto: Jefferson Santos / Notícias Vale do Itajaí (Arquivo)

error: Conteúdo Protegido!!