Maternidades têm ações especiais na Semana de Doação de Leite Humano

O próximo sábado (19) está marcado como o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, por  conta disso, em Santa Catarina estarão acontecendo algumas ações que buscam sensibilizar a população para a crescente demanda por leite humano como forma de garantir sobrevivência de bebês prematuros internados em Unidades de Terapia Intensiva Neonatais, cujas mães não conseguem suprir as necessidades dos filhos. Tanto que o Estado dedica os próximos dias como Semana Estadual de Doação de Leite Humano, em que são promovidas diversas ações, uma delas é orientar mulheres que estejam amamentando seus filhos e que são potenciais doadoras de leite humano.

Para doar é preciso que a mulher seja saudável e não esteja tomando remédios que interfiram no período da amamentação. No Brasil, cerca de 30% do leite humano doado precisa ser descartado, por isso é fundamental que todos os passos da doação sejam seguidos, incluindo cuidados com recipiente, retirada do leite materno, armazenamento e o transporte. A Fundação Fio Cruz, tem preparada uma ‘cartinha’ de como tudo deve ocorrer, para saber basta clicar neste link.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, em 2017, foram realizadas 9.244 visitas domiciliares e 74.793 atendimentos a mulheres catarinenses, das quais 6.476 foram doadoras de 13.773 litros de leite humano. O leite humano doado nos bancos e postos de coleta beneficiaram 8.211 recém-nascidos doentes ou prematuros.

Foto: GESP / A2img

 

No Vale do Itajaí há três cidades em que o leite pode ser doado, como o Banco de Leite Humano do Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí; o Banco de Leite Humano de Blumenau, que funciona junto ao Centro de Saúde Rosania Machado Pereira, na Rua 2 de Setembro, defronte à Policlínica da cidade; o Posto de Coleta de Leite Humano – Amamenta Brusque (Rua Prefeito Germano Schaeffer, 110) e o Posto de Coleta de Leite Humano – Anjos do Peito (Rua Azambuja, 789), de Brusque.

 

Amamentação / Leite Materno

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que o aleitamento materno é a mais sábia estratégia natural desenvolvida pelo corpo humano, pois além do vínculo entre mãe e filho, do afeto e da proteção com anticorpos, a amamentação repassa nutrientes que serão fundamentais no desenvolvimento das potencialidades no decorrer da vida. Por outro lado, os distúrbios que incidem nesta fase são responsáveis por graves consequências que a criança vai sentir no restante da vida. Por isso, é importante conhecer e praticar o aleitamento materno da forma correta. Diversos estudos comprovam que o leite materno está como superior sobre os demais alimentos para um recém-nascido.

A orientação da OMS é que a duração da amamentação seja, em média, de dois a três anos, idade em que se costuma ocorrer o desmame naturalmente e enfatiza que a criança consuma leite materno exclusivamente por seis meses.

 

error: Conteúdo Protegido!!