Cooper apresenta ao município o projeto para a futura Filial Timbó

Na semana passa a diretoria da Cooper esteve na Prefeitura de Timbó para protocolizar o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) referente a construção da nova loja que será instalada no município. A intenção é obter os alvarás e licenças para começar as obras no início de 2018, sendo que a previsão de inauguração é até novembro de 2018. A edificação terá 15 mil metros quadrados, construídos no terreno de 8 mil metros quadrados que a cooperativa adquiriu na Avenida Aristiliano Ramos, no Centro.

O presidente do Conselho de Administração da Cooper, Hercílio Schmitt, confirmou ao prefeito Jorge Krüger a intenção de replicar em Timbó o padrão de loja moderno e diversificado que tem caracterizado as expansões da rede em toda a região. O modelo da construção será semelhante ao da última unidade inaugurada (bairro Vila Nova, em Blumenau), predominando um sistema de construção sustentável, com arquitetura e tecnologia inovadoras, aliado a um conjunto de serviços e atendimento para garantir mais conforto e praticidade ao dia a dia dos cooperados e clientes.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

A estimativa é de investimentos na casa de R$ 25 milhões na implantação desta, que será a 15ª filial da Cooper, que gerará mais de 220 empregos diretos. A loja terá aproximadamente 250 vagas de estacionamento para carros e vagas próprias para motos e bicicletas, sendo que o plano de acessibilidade contempla, ainda, um elevador e esteira rolante. A nova loja contará com a farmácia da rede, adega, estação do chope, padaria com autosserviço de pão francês. Ainda na Cafeteria Sabor e Delícia haverá lanches e café colonial para serem saboreados no local.

De acordo com o Presidente Executivo, Osnildo Maçaneiro, uma das inovações desta filial será a presença de quatro caixas de autoatendimento, uma tecnologia que a Cooper trouxe em primeira mão para o Vale do Itajaí, onde não há operadores, sendo que o cooperado/cliente mesmo passa as compras pelo leitor de código de barras, faz o pagamento e embala os produtos. Além destas, haverá 12 caixas convencionais e 8 pontos de caixa rápido. Na retaguarda, foi projetada uma área confortável para o bem-estar dos colaboradores e também uma sala do Cooper Pratic, onde a cooperativa passará a oferecer cursos e palestras gratuitos aos cooperados.

 

*Com informações de Silvia Regina Machado da New Age Comunicação
Foto: Reprodução

error: Conteúdo Protegido!!