Condutor de Chevette que tirou a vida de ciclista na SC-108 já havia negado teste de bafômetro em outra ocasião

O jovem Gabriel Rodrigo Rohde, de 19 anos, condutor de um Chevette, que foi preso por estar embriagado quando colidiu com o ciclista Deivanir Paganardi, de 25 anos – que morreu no local do acidente – já havia sido submetido a um teste de bafômetro por suspeita de embriaguez em 03 de março de ano, com o mesmo veículo envolvido no acidente, inclusive.

Imagem: Reprodução / DETRAN-SC – Multa sofrida por Gabriel recusar o teste de bafômetro foi aplicada em Massaranduba, no fim da tarde do dia 03/03.

O acidente que tirou a vida do jovem que iria buscar seus filhos na casa da sogra, juntamente com sua esposa, ocorreu em 21 de junho, na SC-108, em Blumenau, e Rohde foi flagrado pelo etilômetro com 0,91 miligramas de álcool por litro de ar expelido, logo depois que foi encontrado pela Polícia Militar, já que fugiu, sem prestar socorro.

Com o flagrante, o motorista recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Plantão Policial, pela Polícia Militar Rodoviária. No dia seguinte, submetido a audiência de custódia e encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau, mas na segunda-feira seguinte, dia 24, acabou recebendo o direito de responder ao processo em liberdade.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

A vítima deixou a esposa e dois filhos, crianças de apenas 3 e 4 anos. Paganardi era o principal responsável pelo sustento da família, que hoje passa por dificuldades, enquanto quem cometeu o ato irresponsável, da mistura criminosa de álcool de direção, continua, livre, leve e solto. A decisão da soltura foi da 2ª Vara Criminal de Blumenau.

error: Conteúdo Protegido!!