Bombeiros militares de Blumenau reiniciam buscas em Brumadinho

Homens e cães do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina reiniciaram as buscas por corpos de vítimas soterradas por conta do estouro da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais, após a buscas serem interrompidas por conta da chuva forte que caiu naquela região nos dois últimos dias.

Este é o último dia de trabalho do primeiro grupo da Força Tarefa catarinense que enviou 10 bombeiros para Minas, sendo que um outro grupo já está em deslocamento para a área afetada, para que o revezamento de equipes. As autoridades mineiras estimam que os trabalhos devem durar por mais de 90 dias.

Hoje (5) os trabalhos dos militares catarinenses está sendo efetivamente num ponto onde estão duas máquinas carregadeiras, que estariam sendo utilizadas por trabalhadores no momento do acidente, sendo que os cães apontam que naquele ponto há odor de corpo, por isso máquinas escavadeiras foram deslocadas para auxílio. Confira abaixo o vídeo e o áudio com a explicação sobre os trabalhos, enviado pelo capitão Renan César Cecatto:

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

O número de mortes confirmadas em decorrência da tragédia já está em 134. Desse total, 120 já tiveram as identidades confirmadas pelas autoridades. Além disso, 199 pessoas ainda permanecem desaparecidas, sendo que a todo, 394 foram localizadas.

Foto: Divulgação / CBMSC

error: Conteúdo Protegido!!