Ato pelo Fim da Violência Contra as Mulheres acontece nesta quinta-feira (28), em Blumenau

O Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra a Mulher é celebrado nesta segunda-feira, 25 de novembro. A partir desta data, até o dia 10 de dezembro, acontece a campanha anual e Internacional “16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres“. No Brasil, a mobilização dura 21 dias, pois inicia no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, e se encerra no dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Em Blumenau, o Ato Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres acontece nesta quinta-feira (28), a partir das 17h30min, na Praça Doutor Blumenau, que fica na Rua Nereu Ramos. O objetivo da ação é conscientizar, incentivar o ativismo e compartilhar conhecimento em relação a prevenção e eliminação da violência contra as mulheres e meninas.

No evento, haverá um varal literário e espaço para quem quiser declamar poesias, com a presença do projeto Leia Mulheres. Uma discussão sobre violência obstétrica e direitos sexuais e reprodutivos será promovida pela Associação de Doulas de Santa Catarina. Outras instituições como o Instituto Feminista Nísia Floresta e o Instituto Bia Waccholz também estarão presentes, além do Baque Mulher, que fará uma apresentação de Maracatu. O evento conta ainda com o apoio do Sindicato Único dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Blumenau (Sintraseb).

O evento é organizado pela Batucada Feminista, que prevê ainda a realização de outras atividades alusivas a eliminação da violência contra a mulher. “Estamos com um cronograma de participação de representantes da Batucada Feminista num projeto de teatro nas escolas do Grupo Detalhe de Teatro. O projeto está em curso com apresentação em cinco escolas de Ensino Médio. A peça aborda especificamente a violência contra as mulheres” explica Marilei Post, integrante do grupo. “Também estamos abordando a temática no nosso programa semanal ‘Barulho Delas’ nas quartas-feiras à noite, das 20h as 21h , na Rádio Comunitária Fortaleza“.

A Batucada Feminista de Blumenau convida a todas e a todos para juntar-se a esta luta diária.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Receba em primeira mão nossas notícias via WhatsApp
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram


Casos de violência contra a mulher

Neste fim de semana, dias 23 e 24, pelo menos cinco casos de violência contra a mulher foram registrados em Blumenau.

No bairro Itoupava Central, uma mulher de 36 anos foi ameaçada pelo seu cunhado após ter uma discussão com a sogra. Ele estava alterado e ameaçou agredi-la com uma cadeira.

No bairro Badenfurt, uma mulher de 37 anos foi agredida com dois tapas e ameaçada de morte após ter uma discussão com o marido. Ele saiu de casa após as agressões.

No bairro Vorstadt, uma mulher de 34 anos desmaiou após ser agredida pelo marido, que a atacou com um copo causando ferimentos na cabeça.

No bairro Velha, uma mulher foi agredida pelo marido que chegou em casa alterado. Após uma discussão, ele ameaçou a mulher de morte, pegou-a pelo pescoço e a sufocou. O agressor só parou quando ela já estava desmaiando.

No bairro Tribess, uma mulher de 29 anos foi agredida pelo ex-marido com um soco enquanto estava em um bar com familiares. Ele chegou no local e começou a xingar a mulher, em seguida, desferiu o soco que causou lesões na vítima.

Todos estes casos aconteceram em um único final de semana, apenas em Blumenau. Isso mostra que a luta pelo fim da violência contra as mulheres é constante e deve ser enfrentada todos os dias.


Saiba mais sobre o Dia de Luta Contra o Feminicídio “Bia Wachholz” em Blumenau, celebrado no dia 25 de julho.


Foto: Divulgação / Redes Sociais

error: Conteúdo Protegido!!