Assistência Social de Gaspar promove atividades que aproximam poder público da comunidade

A Secretaria de Assistência Social tem como missão inserir, prevenir, proteger e promover as famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social ou risco social e pessoal. Durante 2019, a Secretaria realizou diversas ações que fomentaram o crescimento das políticas socioassistenciais de Gaspar com programas que ajudam diversas famílias gasparenses anualmente.

Comunidade em Ação

Realizado mensalmente, o Comunidade em Ação é uma ação promovida em diversos bairros do município aproximando o poder público das comunidades. Mais de 6 mil gasparenses foram beneficiados com o evento que promove lazer e informações para os moradores. Com 12 edições em 2019, o evento leva as Secretarias e Superintendências da Prefeitura de Gaspar até os bairros da cidade, além de firmar parcerias com empresas privadas e outros órgãos públicos que realizam atividades recreativas para as crianças e adolescentes da região.

O secretário de Assistência Social, Santiago Martin Navia, avalia evento como essencial para a promoção das políticas socioassistenciais. “O Comunidade em Ação já se consolidou como um evento de integração entre o poder público e entidades. É sempre um momento de descontração e aproximação com a comunidade”, ressalta Santiago.

Campanhas de conscientização

Desde 2016, a Secretaria de Assistência Social adere à campanha Faça Bonito. Uma ação que promove o combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil em todo país. Neste ano, a Secretaria promoveu cinco dias recheados com 20 ações que ajudaram na conscientização, sensibilização e informação da população gasparenses quanto à luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Outra campanha promovida pelo social é a Campanha do Agasalho: Aqueça um Coração. A ação arrecadou sete mil peças que ajudaram famílias em situação de vulnerabilidade pelo município.

Programa Criança Feliz

Neste ano, Gaspar adotou o programa Criança Feliz. O projeto envolve oito visitadores sociais que auxiliam no fortalecimento do vínculo afetivo da família, proporcionando um ambiente mais harmonioso e adequado para o desenvolvimento integral na primeira infância. Dessa forma, indivíduos crescem mais felizes e mais equilibrados emocionalmente. Ajudando na produtividade e no melhor desempenho educacional.

Gaspar foi o segundo município do estado a implantar o projeto. São cerca de 200 crianças que são auxiliadas pelo projeto que instiga o instinto de cuidar, proteger e estimular as crianças no início de sua vida. As visitações são contínuas e realizadas durante todo o ano.

Políticas Públicas sobre Drogas e acolhimento no município

Em março de 2019, foi sancionada a lei 108/2019 que dispõe sobre o Sistema Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas – SISMAD. A criação do fundo municipal para captar recursos e aplicar em prevenção e acolhimento que gerou ações de prevenção e acolhimento de dependentes químicos. “Vamos insistir, buscar alternativas, formas de prevenção e também de acolhimento aos dependentes químicos, oportunizando que voltem ao convívio social”, comenta Santiago. Com a ação de prevenção ao uso de substâncias Psicoativas, o órgão promoveu palestras em todo o município sobre o tema.

Durante o ano, a Assistência Social assinou o termo de convênio das vagas de acolhimento institucional do município. Nove crianças preencheram as vagas remanescentes nas três casas de Gaspar, viabilizando o acolhimento dos jovens de ambos os sexos que necessitam de amparo.

No decorrer do processo de adaptação, as equipes técnicas compostas por assistentes sociais, psicólogos e pedagogos realizaram reuniões de acordo com a necessidade das crianças e adolescentes. O convênio otimizou as vagas disponíveis nas instituições tendo o retorno de aproximadamente R$ 46 mil mensais de investimentos, totalizando R$ 552 mil ao ano que voltaram para a realização de práticas sociais no município.

O idoso em destaque no município

Gaspar foi destaque estadual no âmbito das políticas públicas para o idoso neste ano. A Faculdade Integrativa da Terceira Idade foi premiada em dezembro deste ano pelo trabalho social realizado. A Faculdade foi lançada em agosto, com uma turma de 30 alunos que participaram durante todo o segundo semestre de aulas de finanças pessoais, economia do cotidiano, oficina de memórias, atividades funcionais, saúde, imagem e cuidados pessoais.

Com a missão social de oportunizar aos cidadãos de Gaspar acima de 60 anos o desenvolvimento do conhecimento, a Faculdade Integrativa é uma inovação social que procura trazer qualidade de vida para seus participantes. Dados do IBGE apontam que no último censo, realizado em 2011, a população de pessoas acima de 60 anos na cidade era de aproximadamente cinco mil pessoas.

O Encontro da Feliz Idade promoveu jogos, artesanato, bingo, danças e exercícios funcionais para a terceira idade de Gaspar. Os Jogos dos Idosos realizado em agosto deste ano reuniu mais de 100 idosos em um torneio de canastra e dominó que durou um dia inteiro. As atividades tiveram como objetivo proporcionar melhor qualidade de vida aos idosos gasparenses e promover um momento de alegria para a melhor idade.

São oferecidas aulas de hidroginástica, dança e também o projeto do bombeiro da melhor idade que teve sua segunda turma formada no início de julho. Além das atividades, no esporte os Jogos Abertos da Terceira Idade – Jasti foram promovidos em Gaspar, o que trouxe um novo olhar para a parte idosa da sociedade e gerou grandes momentos para os atletas gasparenses.

Espaço da Mulher

Um espaço voltado para a saúde e bem estar da mulher gasparense. O local foi inaugurado no Dia Internacional da Mulher e tem como maior objetivo integrar as mulheres e fazer com que elas transmitam suas experiências, talentos e vivências de forma orgânica e resiliente. Todo o espaço foi feito com doações e os profissionais que estão em conjunto neste projeto são voluntários. Além das diversas atividades, o espaço contará com uma nutricionista para dar uma alimentação mais saudável as participantes. Ao todo, cerca de 200 mulheres são atendidas no espaço durante o ano.

Com cinco oficinas realizadas semanalmente e de três a quatro workshops promovidos por mês, o Espaço Mulher traz temas importantes de forma gratuita. Violência contra mulher, diretos humanos, nutrição e otimização de tempo são algumas das palestras promovidas pelo Espaço durante o ano.



Créditos: Ana Caroline Morello / PMG

error: Conteúdo Protegido!!