Apresentador de TV, Luciano Huck não disputar à Presidência em 2018

Apesar de toda a sua popularidade, por ser um dos apresentadores de televisão mais famosos do Brasil, Luciano Grostein Huck (que esteve no Vale do Itajaí este ano para gravação de um quadro do programa global ‘Caldeirão do Huck‘ em uma escola de Blumenau), não irá disputar a Presidência do Brasil em 2018. O furo do anúncio foi informado ontem (26) pelo colunista do jornal “O Globo”, Lauro Jardim.

Formado em Direito e jornalista pela Universidade de São Paulo, o global, iniciou sua carreira de comunicar no rádio, indo para TV Gazeta em seguida e ainda passou pela Bandeirantes e ensaiou uma suposta concorrência na disputa eleitoral do ano que vem. Durante a última semana, uma pesquisa do jornal “O Estado de São Paulo“, mostrou que a popularidade do astro televisivo chegava a 60% entre os entrevistados – maior do que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo assim ele anunciou nesta segunda-feira (27), que não participará do pleito, através de um artigo publicado no jornal Folha de São Paulo.

A ‘turbulência’ na política brasileira causado pela possibilidade de Huck se tornar candidato foi intensa. Partidos tradicionais e novas legendas tentaram conversar com o apresentador (que não possui nenhuma experiência política) para lançá-lo ao pleito do ano que vem, que até o momento tem cenário bastante incerto. Isso porque os partidos viam o possível potencial de votos do apresentador, já que desde 2000 mantém seu programa aos sábados na grade da maior emissora de TV do Brasil, tendo uma enorme inserção entre o público jovem e também com as pessoas mais carentes.

>> Curta o Notícias Vale do Itajaí no Facebook
>> Siga o Notícias Vale do Itajaí no Twitter
>> Entre no no canal do Notícias Vale do Itajaí no Telegram
>> Acompanhe o Notícias Vale do Itajaí no Instagram

Alguns dos maiores sucessos de seus programas são, justamente, nas reformas de carros e casas de pessoas que não tem condições financeiras de restaurá-los. Esse “case de sucesso” se mantém no topo da audiência do Brasil desde sua estreia, com cerca de 3,5 milhões de espectadores por programa, e Huck tornou-se garoto propaganda de algumas das maiores empresas do país.

No artigo, Luciano destacou que família e amigos próximos impediram que ele se “deixasse levar pelos sons dos chamados quase irresistíveis”. Ele afirmou ainda que irá atuar cada vez mais em movimentos políticos e que tem fé no país. Ainda informou que atuará com mais presença não somente na TV, mas também nas redes sociais além de se manter envolvido com os movimentos suprapartidários Agora! e Renova BR.

 

Foto: Reprodução / Twitter