Agentes de trânsito de Blumenau que também são bombeiros voluntários em Ascurra socorrem vítima de mal súbito

Dois agentes da Guarda Municipal de Trânsito (GMT) de Blumenau receberam um elogio da chefia e um agradecimento da família de um senhor que sofreu um mal súbito no início da segunda quinzena de março. O fato ocorreu na Rua Bahia, bairro Salto, em Blumenau, onde um idoso estava em um carro com a suspeita de princípio de uma parada cardiorrespiratória, quando o motorista avistou uma viatura do Seterb e pediu ajuda.

A agente de trânsito Aline Espindula que estava na viatura não caracteriza acabou acionando uma outra viatura que estava próxima. Nesta viatura estavam os agentes Sergio Luiz Bagattoli e Jaison André de Souza, ambos colegas também no Corpo de Bombeiros Voluntários da União, responsável pelo atendimento nas cidades de Ascurra, Apiúna e Rodeio, onde são inclusive instrutores.

Ao chegar no local, os agentes perceberam que a situação da vítima não era crítica, mas que havia a necessidade de encaminhamento ao hospital com prioridade, informou Bagattoli. “O filho do senhor estava bastante nervoso, então conversamos com o idoso, ele contou que tinha tontura, formigamento, sinais de que realmente precisava de atendimento médico.” comentou o agente de trânsito ao Notícias Vale do Itajaí.

Prontamente o idoso foi colocado na viatura da Guarda de Trânsito e encaminhado ao Hospital Santa Isabel, sendo que seria a forma mais rápida de condução, já que o acionamento e chegada de equipes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) iria fazer com que o paciente aguardasse por mais tempo.

O carisma, a disposição e o pronto atendimento de André e Bagattoli, demonstram que o serviços dos guardas de trânsito vão muito além da fiscalização nas vias públicas, foi o comentário feito pela família em um recado de agradecimento público aos colegas da Rádio Menina FM. Dia após dia o trabalho da GMT colabora nos mais diversos setores, contribuindo na segurança do trânsito, na segurança pública e até mesmo no setor de saúde, para salvar vidas, como outra matéria que mostrou o auxílio dos agentes para que o paciente que seguia para transplante de fígado chegasse o mais rápido possível ao hospital.

A ocorrência também demonstra o profissionalismo e qualificação que chama a atenção, já que de forma individual todos buscam se qualificar na área de trânsito entre outras. Bagattoli, por exemplo, está seguindo para os Estados Unidos, em meados desse ano, onde passará por um treinamento para prestação de serviços como bombeiro.

Veja abaixo a carta emitida pela cheia da Guarda Municipal de Trânsito:

Foto: Reprodução
error: Conteúdo Protegido!!