111 veículos removidos em menos de uma semana no entorno da Vila Germânica

Por Marcia Pontes, colunista do Notícias Vale do Itajaí:

 

Tem motorista que não aprende mesmo. A placa está lá, proibindo estacionar em vaga preferencial, em vaga de bandas da Oktoberfest ou em qualquer outra vaga em que não é permitido, mas entra outubro e sai outubro é a mesma coisa: veículos removidos porque o condutor estacionou onde não devia. Desde o primeiro dia da 35ª Oktoberfest (começou dia 3/10) até o dia 7 de outubro foram 111 veículos cujos condutores desrespeitaram a sinalização, quase todos blumenauenses. Se o condutor está por perto no momento da lavratura do auto de infração o próprio condutor pode remover o veículo, mas não escapa da multa. Não estando por perto, o veículo é colocado sobre o guincho e removido ao pátio do Seterb, na Itoupava Central, e só poderá ser retirado após o pagamento de taxas com guincho, entrada no pátio e estadia, e mediante a apresentação de condutor sóbrio e habilitado na categoria de habilitação correspondente. Ah, e é obrigatória a realização de teste de etilômetro para  retirar o veículo. A multa fica para mais tarde, caso o condutor não recorra ou recorra e perca a defesa prévia ou recurso.

Das duas uma: ou os motoristas precisam ser estudados pela NASA ou não sabem ler a mensagem das placas de trânsito. Ou será que sabem, mas estacionam onde não deve por teimosia ou por acreditar que “não dá nada”? Sinceramente? Difícil não dar nada, justamente no entorno do palco da festa, quando as atenções e a maior concentração de fiscalização pelos agentes de trânsito e policiais militares estão justamente por lá. Insistir em estacionar em local proibido é pedir para ser autuado.

Nos últimos anos, as edições da Oktoberfest têm encerrado com cerca de 300 veículos (para mais) removidos por estacionamento irregular, dentre ônibus, motos, carros e vans, mas a maioria – disparado – é de gente que mora aqui na cidade. Muitos motoristas não aprendem a lição e no ano seguinte já tratam de garantir a sua autuação e a multa pelo mesmo motivo.

 

Proibido estacionar

Trânsito é comportamento, mas também é informação e conhecimento, e seguimos fazendo a nossa parte ajudando os condutores com dicas para interpretar a mensagem das placas. Uma placa redonda de fundo branco com orla vermelha e um E de todo tamanho em letra preta com um risco vermelho para a esquerda significa: “proibido estacionar” para a frente ou para trás da placa. Sim, a mensagem da placa é proibitiva para antes e depois dela.

 

Permitido estacionar com restrições de veículos e horários

Conversando com um desses condutores que foram autuados, diz ele que viu uma placa enorme de Permitido Estacionar e não pensou duas vezes. Quando perguntei se tinha lido a mensagem da placa auxiliar escrito “BANDA” o condutor justificou: só vi a placa que era permitido. Então, vamos lá: todo mundo já sabe que nos arredores e, principalmente, nos principais acessos à festa, as vagas são para os veículos que transportam as bandas, os grupos folclóricos e os credenciados, geralmente da organização da festa. Se você não for componente da banda, de grupos folclóricos e não estiver no mesmo ônibus ou veículo credenciado por eles, se estacionar vai se lascar. Não tenta a sorte que o azar é certo, condutor!

Caso veja uma bela placa redonda, de fundo branco, com orla vermelha e um E de todo tamanho autorizando a estacionar, procure imediatamente pela placa com informações auxiliares. Ela é retangular, branca e tem letras pretas que informam o tipo de veículo que pode estacionar ali e quais os critérios e horários permitidos. Uma placa complementa a informação da outra. Há modelos de placas retangulares com informações de horários para estacionar e outras restrições.

 

Valores das multas por estacionamento irregular

Todas as infrações por estacionar de forma irregular nos arredores da Vila Germânica  incluem a remoção do veículo. Estacionar em vaga preferencial de idoso ou deficiente é infração gravíssima, 7 pontos, R$ 293,47. Estacionar a menos de 5 metros nas esquinas, junto ou sobre hidrantes, e em vaga tão apertada que impeça a movimentação do outro veículo são todas infrações médias e custam R$ 130,16 cada uma. Estacionar em locais e horários proibidos especificamente pela sinalização (Placa Proibido Estacionar) também entra nessa lista.

Não estaciona em fila dupla que é infração grave, 5 pontos, R$ 195,23. Se estacionar em  desacordo com as condições regulamentadas especificamente pela sinalização (placa – Estacionamento Regulamentado) também é infração grave, a mesma pontuação, valor de multa e medida administrativa de remoção.  Adicione aí nessa lista estacionar em locais e horários de estacionamento e parada proibidos pela sinalização (placa – Proibido Parar e Estacionar).

O melhor mesmo é dar uma estudadinha nas placas de trânsito antes de sair de casa, não dar mole de estacionar onde é proibido e, se puder, deixar o carro em casa e ir de Uber, táxi ou com o motorista da rodada.

E como se não bastasse todo o prejuízo com guincho, entrada no pátio, diária pela estadia do veículo e o pagamento da multa, os condutores terão de ir buscar o veículo no pátio do Seterb, na Itoupava Central. Pensando pelo lado bom: tudo é aprendizagem. Esse ano não tem mais o posto de atendimento da Guarda Municipal de Trânsito dentro do parque Vila Germânica, segundo o Seterb, para melhorar o atendimento para todos e dar mais agilidade. O pátio fica aberto para que os condutores que tiveram o veículo removido durante o horário da festa possam retirá-lo até uma hora após o fechamento do último pavilhão na Vila Germânica. Caso contrário, só no horário de expediente normal. 

Não vai arriscar, né?

 

Márcia Pontes
Especialista em Trânsito

Representante do Maio Amarelo em Santa Catarina

 

Saiba onde me encontrar nas redes sociais:

Facebook
Twitter

YouTube
Linkedin
Blog Aprendendo a Dirigir

Minha página de trabalho
Email: thesys@uol.com.br

 

 

 

error: Conteúdo Protegido!!